Tag Archives: sensual

Concurso de fotos eróticas

29 abr

ee

 

Gente, o clima tá quentíssimo lá no Erótico Enrustido! Tá rolando um concurso de fotos, onde o pessoal deve mandar fotos eróticas suas. Tem cada foto de tirar o fôlego!

O vencedor receberá como prêmio um kit com ingressos pra cinema, velas coloridas, óleos de massagem, chocolates, venda para os olhos… e mais outras coisinhas gostosas.

Ficou curioso? Clica aqui, e delicie-se com as fotos que tem lá. E, se tiver coragem, participa!

 


Massagem Sensual

2 maio

Dia desses fui fazer a tal da massagem sensual. Um amigo indicou, maravilhado, o serviço. E eu fui conferir.

Cheguei ao local, uma casa antiga em um bairro bem residencial. Fui atendido pela recepcionista que logo me levou a uma sala com poltronas e sofás confortáveis. E então começou o desfile.

O desfile é um espetáculo a parte. Uma a uma as garotas entram na sala e se apresentam ao cliente, no caso eu. Naquele momento havia seis massagistas disponíveis. Entram vestidas com terninhos brancos, como um uniforme de uma clínica mesmo (e não é uma clínica mesmo?). A diferença é que o decote do uniforme é bem ousado.

Oferecem um sorriso, beijinhos no rosto, e saem triunfantes, na certeza que agradaram. Devo confessar, era um belo time.

Acabei escolhendo uma loira chamada Lauren, um pouco mais baixa do que eu, cabelos longos e um olhar que prometia loucuras! Ela voltou satisfeita, e de mãos dadas comigo me levou à sala de massagem.

Nada mais era do que um quarto, só que ao invés da cama, uma maca para massagem. E no chão algo parecido com um tatame.

Bastante sorridente e simpática, começou a me explicar o funcionamento: só a massagem, um determinado preço. Massagem com relaxamento manual, custa um pouco mais. Com relaxamento oral, ainda mais um pouco. E massagem com programa, uns cinqüenta por cento a mais. E acrescentou que eu não precisaria escolher agora.

Tomei uma ducha, e quando voltei ao quarto fiquei positivamente impressionado. Apenas de calcinha, minha massagista era um espetáculo! Pernas bem torneadas, bronzeadas e com pelinhos loirinhos nas coxas. Uma barriga sarada com um singelo piercing no umbigo. E seios que pareciam ter sido esculpidos por um mestre das artes. Sempre sorrindo, me indicou a maca para que deitasse.

Passou óleo nas mãos, e começou a deslizá-las pelo meu corpo. O ambiente à meia luz, o toque certeiro da minha massagista, realmente comecei a relaxar. Estava maravilhoso!

Lá pelas tantas ela tirou a calcinha e subiu sobre mim. E a massagem começou a ser feita com o seu corpo. Ela esfregava o corpo no meu de uma maneira que eu nunca tinha imaginado ser possível. O toque dos seus seios deslizando pelas minhas costas não me deixava mais nem pensar direito.

Ela perguntou se eu não preferia ir para o tatame, e aceitei prontamente. Agora de frente para ela, podia sentir e ver os bicos dos seios passeando pelo meu peito, minha barriga, minhas pernas. E também, para a minha felicidade, no meu pau duro. Ela então se virou de costas para mim e começou a deslizar a bunda pelo meu corpo. Naquele momento tive dúvidas se agüentaria por muito tempo mais.

Mas eu agüentei, por incrível que pareça. E quando ela veio novamente de frente pra mim, passando os seios pelo meu rosto e me perguntou se eu queria complemento, o fez sorrindo. A expressão no meu rosto devia me denunciar: era óbvio que eu queria!

Ela segurou meu pau, e começou a deslizar a mão melada de óleo para cima e para baixo, e mais uma vez sussurrando no meu ouvido, perguntou:

– Quer gozar na minha boquinha, na minha mãozinha ou na minha bucetinha?

Não tive tempo de responder. No mesmo instante explodi em um gozo forte, jorrando porra na mão dela, na minha barriga, por tudo. Nunca tinha experimentado algo assim.

Ela sorriu, beijou meu rosto, e foi buscar algo para me limpar.

Saí de lá satisfeito, muito satisfeito. Mas com certeza voltarei para conhecer as outras opções de complemento.